Vendas

5 erros que nenhum corretor imobiliário deve cometer na venda

5 erros que nenhum corretor imobiliário deve cometer na venda

É a mais pura verdade: vender um imóvel é uma arte. Durante a crise econômica então, o lado artístico dos corretores precisa mesmo se destacar! Com o mercado abalado e a concorrência extremamente atenta a qualquer oportunidade, é essencial seguir boas práticas durante todo o processo. Evitar as falhas é, portanto, primordial. Que tal descobrir quais são os 5 erros que nenhum corretor imobiliário deve cometer na venda e aproveitar para aprender a evitá-los? Curioso? Então confira o conteúdo a seguir!

Não estar disponível

O erro mais crucial que um corretor imobiliário pode cometer no período de vendas é não se fazer disponível para seus clientes. Em tempos de alta concorrência, qualquer dificuldade na comunicação pode direcionar um possível comprador rumo à busca por outra oportunidade, com outro profissional. Nesse cenário, lá se vai sua chance.

É essencial, assim, ter ao menos 2 linhas telefônicas de operadoras diferentes, ligadas 24 horas por dia. Checar seu e-mail diariamente e verificar mensagens em suas páginas nas redes sociais também é importante. Por fim, não dá para abrir mão dos aplicativos de mensagens de celular! Faça o download dos mais populares e dê uma olhada sempre que tiver uma brecha.

Não investir na qualidade das imagens

Usar imagens de baixa qualidade nos anúncios, especialmente na internet, é outro erro comum dos corretores. Leve em conta que muitas pessoas optam pela comodidade, só efetivamente entrando em contato se conseguirem ver com clareza as qualidades e os diferenciais da propriedade anunciada. Como dar essa visão aos interessados? Com fotos de ótima qualidade!

Por mais que o ideal seja contar com a ajuda especializada de um fotógrafo, o corretor imobiliário pode optar por comprar um bom equipamento e aperfeiçoar sua técnica. Hoje em dia existem cursos específicos de fotografia imobiliária, além de inúmeras (e valiosas) dicas na internet para conseguir ressaltar a beleza da unidade à venda.

Não acertar na precificação

Errar na precificação é um erro que profissionais do setor jamais deveriam cometer, mas, infelizmente, não é tão difícil vermos diversos imóveis com valores absurdos no mercado. A principal razão para isso pode ser a grande mudança que o setor sofreu nos últimos anos, jogando os preços lá para cima, especialmente nas grandes capitais, para depois exigir uma redução considerável com a chegada da crise. Dá para confundir, não é mesmo?

De toda forma, para não falhar nesse aspecto, comece comparando diversas ofertas para calcular o valor do metro quadrado da região. Depois, verifique minuciosamente outros itens, especialmente localização, estrutura, metragem, vagas na garagem, número de quartos, se pega sol diurno ou vespertino, entre outros. Com tudo isso no papel, a conta vai ficar muito mais simples!

Não apostar no home staging

O home staging é um conceito muito difundido no mercado imobiliário internacional, mas só agora começou a se popularizar no Brasil. É simples: consiste em adequar o ambiente para a visitação, tornando o imóvel mais neutro e organizado, agradável aos olhos dos possíveis compradores. Em outras palavras, você despersonaliza a propriedade, permitindo uma identificação maior de compradores em potencial com o lugar.

Não existe uma fórmula exata para fazer isso, mas algumas práticas são sempre bem-vindas, como: remover itens muito excêntricos, investir em limpeza e até pintar uma parede chamativa com uma cor mais imparcial. Esse já seria um excelente começo. Jardins e áreas externas também merecem atenção especial, pois costumam ser vistos como diferencias por muitos perfis de comprador.

Não dar a devida atenção à plaquinha

Muitos corretores modernos tendem a menosprezar o valor das famosas placas de vende-se, mas o fato é que esse detalhe pode possibilitar diversos contatos e oportunidades de negócio. É uma forma eficiente de comunicação, já que as pessoas que residem, trabalham ou simplesmente circulam pelo local são potenciais compradores daquele imóvel.

Nesse caso, invista em informações úteis, como meios de contato e principais dados do imóvel — como metragem e diferenciais, como lavabos, suítes e vagas de garagem. Os contatos que vierem dessa divulgação serão de compradores mais prováveis, pois quem liga já sabe de antemão qual é o prédio e gosta da localização, fatores importantíssimos na decisão de compra.

E se você procura se manter à frente dos seus concorrentes, invista em tecnologia imobiliária com o inGaia Corretor. Nele você cria seu site com tecnologia de ponta e tem um sistema inteligente para gerenciar seus clientes e imóveis, além de participar de uma comunidade com mais de 30.000 corretores prontos para parcerias de sucesso.

Esses são 5 dos principais erros que nenhum corretor imobiliário deve cometer na venda! Gostou do conteúdo? Conseguiu identificar alguma falha no seu processo? Comente e nos conte! E aproveite para conferir também este outro post sobre como ser um bom corretor de imóveis!

publicidade
Black Friday inGaia - R$ 1000,00 de desconto para ter o sistema imobiliário mais completo do mercado
Artigos relacionados
Compartilhe