Marketing

6-erros-que-prejudicam-um-site-para-corretor-de-imovel.jpeg

6 erros que prejudicam um site para corretor de imóvel

A internet e a tecnologia chegaram para mudar o comportamento do consumidor e seu relacionamento com as empresas e profissionais. Hoje em dia, ter presença digital eficiente é imprescindível para negócios de todos os setores, mas atinge com força total o mercado imobiliário. Por isso, se você ainda não tem um site para corretor de imóvel, é bom repensar suas estratégias de venda.

Um site eficiente ajuda o profissional a ter visibilidade e aparecer nas buscas de quem realmente precisa daquilo que você pode oferecer. Além disso, a ferramenta permite atualizar os imóveis que estão sob sua responsabilidade e otimizar o contato.

Para garantir que o site seja eficaz, portanto, é preciso evitar erros que deponham contra sua trajetória profissional ou que afastem seus possíveis clientes. Quer saber quais são esses erros e como evitá-los? Confira a seguir!

1. Usar modelos prontos

Talvez você pense que usar um template pronto para seu site seja uma boa ideia, já que pode economizar e não precisa lidar com a criação de um visual personalizado. As desvantagens, no entanto, são maiores.

É preciso lembrar que o seu endereço na web faz parte da sua identidade visual e é responsável por parte da imagem que você quer passar ao seu público-alvo. Quando um cliente acessa um conteúdo que não transmite profissionalismo ou que é parecido com tantos outros, você pode perder a venda.

Uma dica é contratar serviços de empresas especializadas em sites para corretores imobiliários. Além de elas oferecerem layouts atraentes e suprirem todas as necessidades do trabalho de corretagem, o sistema para subir arquivos e atualizar as informações é fácil, garantindo que você consiga fazer isso sem grandes complicações.

2. Não adaptar para mobile

Já ouviu falar em sites responsivos? São aqueles que têm design dedicado a uma boa experiência do usuário e que se adaptam para proporcionar uma navegação perfeita seja em computadores, smartphones ou tablets.

Um site que não é adequado para acesso em tablets ou smartphones, hoje em dia, é, muitas vezes, rejeitado pelo usuário. Com tantas pessoas utilizando esses dispositivos como forma principal de busca de informação, é imprescindível que sua presença digital apareça para todos.

A responsividade também determina suas colocações no Google, já que é um dos critérios de posicionamento do buscador. Soluções especializadas, como o inGaia Corretor, oferecem adaptabilidade total, ou seja, você não precisa se preocupar com a aparência do site nos diversos dispositivos.

3. Usar imagens em flash

Isso é coisa do passado. Rechear um site para corretor de imóvel com recursos em flash afugenta usuários e ainda faz com que seu posicionamento no Google fique comprometido. Isso porque o mecanismo do buscador não é capaz de “ler” essas imagens, ou seja, “adeus, primeiras colocações”.

Para evitar esse erro, que pode causar bastante prejuízo, aposte em imagens com o atributo “alt”, que faz com que o navegador mostre um texto como alternativa, caso ocorram erros.

Isso também ajuda para que os robôs do Google consigam entender o que são as imagens, ou seja, você otimiza seu posicionamento nas pesquisas. Ferramentas para sites de corretores de imóveis, com o inGaia Corretor, já vêm com esse preenchimento automático, evitando que você tenha que se preocupar com a leitura das imagens.

4. Não fazer teste A/B

O teste A/B de sites consiste em fazer duas versões de sua página; a atual ou mais básica e uma com modificações. O intuito é medir qual delas apresenta maior taxa de conversão, ou seja, qual transformou as visitas ao seu site naquilo que você planejou: pode ser a assinatura de uma newsletter ou até o contato com você via site.

Essa estratégia oferece um retorno real do mercado e ajuda a medir, de forma precisa, a versão mais aceita pelos visitantes. As versões ficam disponíveis de forma aleatória, fazendo com que o resultado seja confiável e baseado em dados reais.

Procure utilizar um design ousado e que realmente seja diferente do padrão para entender qual foi mais eficiente e atingiu seus objetivos.

5. Design desorganizado

Não tem nada pior que buscar solução para um problema na Internet e deparar-se com um site desorganizado e de difícil navegação. Para evitar que seus clientes abandonem a página antes mesmo de visualizarem o que você oferece, priorize a organização e opte pelo essencial.

É importante ter uma área de respiro. Você não precisa usar cada centímetro do seu site com informações e imagens. Blocos de textos muito próximos, falta de espaçamento e imagens mal distribuídas podem ser fatais para qualquer página.

As empresas especializadas em mercado imobiliário sabem trabalhar com um design agradável, por isso, pode ser uma boa ideia transmitir essa missão para quem entende do assunto.

6. Navegabilidade ineficiente

Navegabilidade é quando seu visitante sabe onde se encontra dentro do site. Por isso, ter usabilidade confusa pode fazer com que o usuário desista de você e saia em busca de uma concorrência que se preocupou com a experiência do cliente.

Esse problema pode ser resolvido de diversas formas, como a partir da aplicação de menu em todas as páginas, a fim de evitar que o usuário precise voltar o navegador diversas vezes.

Utilize ícones, cores e agrupamentos que ajudem o cliente a se localizar e a entender, de forma rápida, onde está e para onde vai. Analise os sites que você visita e em que se sente confortável durante a navegação para ver como isso é importante.

Siga um padrão para que seu site seja reconhecido pelo cliente e não faça com que as pessoas se sintam perdidas. Priorize a objetividade e a simplicidade.

Um site eficiente depende de diversos fatores, por isso, o mais indicado é que você contrate uma empresa especializada na construção e no design dessa ferramenta. Lembre-se que, hoje em dia, a maioria das pessoas busca a solução para os seus problemas pela web, e isso não é diferente no mercado imobiliário.

Ao contar com a experiência de uma equipe que entende do assunto, você conseguirá se dedicar às atividades diárias como profissional sem se preocupar com seu site para corretor de imóvel. Por falar nisso, que tal conhecer um pouco sobre o sistema para corretor imobiliário da inGaia?

publicidade
Artigos relacionados
Compartilhe