Marketing

8 erros no site da sua imobiliária que o Google não perdoa

8 erros no site da sua imobiliária que o Google não perdoa

Logo agora que a venda de imóveis voltou a crescer, não há espaço para falhas! Pensando nisso, chegou a hora de resolver de uma vez por todas aqueles erros no site da sua imobiliária que comprometem a visibilidade on-line do negócio, deixando-o em desvantagem perante os concorrentes que investem em tecnologia.

Pronto para não perder potenciais clientes de agora em diante? Então fique de olho no nosso post de hoje, pois vamos mostrar como é importante estar sempre atento ao site da sua imobiliária, evitando erros que podem se esconder em detalhes, mas que, eventualmente, atrapalham o posicionamento do seu domínio no Google. Confira!

1. Imagens em flash

Começando com a otimização das ferramentas de busca (SEO), precisamos alertar que os robôs do Google não conseguem interpretar as animações em flash. E isso pode prejudicar bastante o ranqueamento, viu? Sem contar que, tendo em vista a quantidade de navegadores que o usuário pode escolher, a execução do flash é simplesmente imprevisível.

2. Música automática

Em um momento em que a oferta de streamings de música é extremamente ampla, aplicar um som de fundo na linguagem do seu site é uma ação invasiva e desnecessária. Vale lembrar que, para rodar, o arquivo é compactado. Assim, muitas vezes não apresenta a mesma qualidade de um MP3. Nesse caso, a irritação do usuário vem tanto da imposição da escuta de um som não desejado como da falta de qualidade. Por tudo isso, é bem provável que ele desista de navegar pelo site.

3. Links externos

Os links externos devem ser dispostos com a ajuda de uma boa dose de critério, uma vez que podem se transformar em portas de saída do seu site. Para evitar essa debandada, é essencial aplicar a modalidade abrir link em outra janela, fazendo com que o usuário permaneça com sua página aberta mesmo ao clicar na referência. Isso, claro, se realmente for necessário incluir esse link externo, ok?

4. Má aparência

Esse é um item bem autoexplicativo. Quem é que gosta ou mesmo se sente seguro ao navegar por um site mal elaborado e esteticamente desagradável, com pop-ups surgindo a todo momento? E se você não encontra facilmente aquilo que procura na página, o que faz? O reflexo do desleixo é um só: queda no número de visitantes e, consequentemente, queda no ranking do Google.

5. Conteúdo duplicado

O chamado conteúdo duplicado ou plagiado é interpretado como infração grave pelo Google. Como punição, o mecanismo pode suspender o domínio dos resultados de busca por tempo indeterminado. Essa medida garante que os usuários encontrem sempre conteúdos inéditos em suas buscas. Então aposte na originalidade!

6. Tabelas HTML

Fuja das tabelas HTML que podem não ser compatíveis com o tipo de navegador usado pelo usuário, consequentemente atrasando o carregamento das páginas. No caso de sites imobiliários que lidam com grande volume de dados, os recursos mais indicados são as camadas em CSS.

7. Incompatibilidade mobile

Já ouviu falar em UX? Trata-se, basicamente, de um design que preza pela experiência do usuário. É fato: essa preocupação está em voga hoje em dia não é por acaso! Com o intuito de oferecer a melhor experiência possível para o usuário, o Google incluiu entre seus fatores de posicionamento a responsividade do site, que faz com que ele seja compatível com as mais diversas plataformas mobile.

8. Hospedagem ruim

Um site de imobiliária naturalmente lida durante todo o tempo com imagens em alta resolução de empreendimentos, correto? Por isso, o servidor escolhido deve ser aquele que apresenta o menor risco de sair do ar da noite para o dia, seja por excesso de acessos ou carregamento de FTP. Na dúvida, opte sempre pela hospedagem dedicada!

Depois dessas dicas, vai ficar até difícil cometer erros no site da sua imobiliária, não é mesmo? Aproveite e crie o seu site com a gente e tenha uma poderosa ferramenta de geração de resultados em poucos minutos!

publicidade
Black Friday inGaia - R$ 1000,00 de desconto para ter o sistema imobiliário mais completo do mercado
Artigos relacionados
Compartilhe