Tecnologia

Análise preditiva: o que é e como usar para vender imóveis?

Análise preditiva: o que é e como usar para vender imóveis?

Antigamente, para vender imóveis o bom desempenho e preparo do corretor eram suficientes. Mas hoje esses profissionais podem contar com diversas inovações tecnológicas que proporcionam novas oportunidades de vendas. Uma delas é a análise preditiva.

Muitos corretores autônomos e pequenas imobiliárias acreditam que o uso de tais recursos é restrito a grandes empresas. No entanto, essas ferramentas estão mais acessíveis e já podem ser implementadas e oferecer resultados em negócios de variados tamanhos. Saiba mais sobre o assunto!

O que é análise preditiva?

Essa tecnologia consiste em analisar grandes dados (big data) usando dados passados, estruturados ou não estruturados, para identificar padrões que permitam prever tendências.

Quanto mais dados são incorporados à análise, mais confiáveis são os resultados obtidos. Devem ser usadas informações internas, obtidas a partir do histórico de vendas e locação do corretor, assim como dados externos, como pesquisas de mercado, relatórios, índices econômicos e outros.

Existem diferentes tipos de análises preditivas, como as descritivas, que têm como objetivo identificar um padrão de clientes, por exemplo.

Como usar análise preditiva para vender imóveis?

No setor imobiliário, a análise preditiva tem uma série de aplicações que permitem mais segurança ao corretor e melhora na experiência do cliente por meio de ofertas mais relevantes. Entre as possibilidades de aplicação da tecnologia nesse segmento estão:

Identificar tendências de compra e locação

O corretor que atua com análise preditiva não precisa esperar por pesquisas de mercado específicas para saber quais são as tendências da área para os próximos anos, o que faz com que ele tenha pioneirismo nas ações.

Entre os insights possíveis com a tecnologia destaca-se a possibilidade de saber, antes dos concorrentes, quais localidades serão mais buscadas para aluguel e compra em um futuro próximo, os tipos de imóveis mais procurados para cada modalidade de negócio e o perfil do público interessado.

Tais informações permitem que o corretor faça um gerenciamento melhor dos imóveis de que dispõe para compra e locação, aumentando o retorno sobre o investimento. Isso o ajuda a saber quanto o cliente está disposto a investir de acordo com a região, imóvel e modalidade.

Conhecer localizações mais valorizadas

As regiões mais valorizadas normalmente são bem conhecidas dos profissionais que atuam com o setor imobiliário, mas a análise preditiva oferece vantagens competitivas nesse quesito.

A partir dos dados analisados é possível identificar variações sutis no valor do imóvel, aumentando a exatidão dos negócios realizados e permitindo conhecer uma área que estará mais valorizada daqui determinado tempo devido a uma obra recente, um crescimento da procura, entre outros elementos.

Realizar manutenção nos imóveis

Muitas vezes, um imóvel poderia ser alugado ou vendido por um preço muito melhor se fosse realizada uma manutenção prévia que identificasse alguns problemas do local e permitisse aos responsáveis fazer as melhorias adequadas.

A manutenção de imóveis é um aspecto importante para manter o local valorizado e interessante para os compradores e locatários.

Dessa forma, a análise preditiva, ao considerar o histórico do imóvel, por exemplo, ou dados descritivos do cadastro interno da imobiliária, identifica quais imóveis vão precisar de manutenção e em quanto tempo.

Promover ofertas mais certeiras

A maioria das sugestões de imóveis leva em consideração apenas as características indicadas pelo próprio interessado. No entanto, a análise de dados pode indicar que alguns imóveis podem atender melhor as demandas do cliente de acordo com o estilo de vida que ele leva.

Por exemplo, um comprador afirma que deseja um apartamento com três quartos. Entretanto, ele necessita de dois quartos e um escritório. O corretor, conhecendo essa demanda por meio dos dados analisados e o perfil de cliente, pode indicar imóveis com essas características que suprem essas necessidades.

Esse diferencial é muito importante para que um comprador, que não tem clareza de como o imóvel pode atender as demandas dele, seja impactado positivamente pelo conhecimento mais aprofundado do profissional do setor.

Segmentar os públicos

Tanto no que diz respeito aos locatários quanto aos compradores, é preciso conhecer de antemão os perfis predominantes de cada região para realizar ações de marketing digital e pensar em ofertas mais específicas para o público-alvo.

Devem ser considerados diferentes dados, como renda média de um bairro, custo de vida, composição familiar, tipos de imóveis, migrações, entre outros aspectos que vão determinar as características de uma determinada área daqui a um tempo. Assim, o corretor pode identificar qual o público que deve contemplar nos próximos anos quando o objetivo for alugar ou vender um imóvel em dada região.

Tal conhecimento permite um planejamento de longo prazo, o que gera mais estabilidade ao profissional.

Como aplicar a solução no setor imobiliário?

Após conhecer as diversas aplicações do uso da análise preditiva para vender imóveis, o corretor pode se perguntar: como aplicar essa tecnologia se trabalho com vendas fazendo home office?

Para alcançar estabilidade nesse segmento e poder tê-lo como principal fonte de renda, alcançar diferenciais competitivos é fundamental e, para isso, o investimento em um CRM imobiliário (Customer Relationship Management) se faz necessário.

O software possibilita armazenamento simples e ágil dos dados dos clientes, integrando todas as informações em uma única plataforma. Tal facilidade permite encontrar e analisar os dados com mais eficiência e demandando menos tempo do profissional.

O CRM imobiliário facilita a análise preditiva e torna as ações do corretor mais certeiras, mesmo demandando menos tempo para a organização das informações, uma vez que elas já estão sistematizadas. Tais benefícios melhoram o relacionamento com o cliente e a gestão de todas as informações referentes ao trabalho como corretor.

Para que o profissional que trabalha como corretor autônomo possa alcançar mais independência e fidelizar uma carteira de clientes, é essencial que atue de forma mais analítica em relação à base atual e também em relação aos imóveis disponíveis.

A análise preditiva, unida a um bom CRM, como o inGaia Imob, é uma das oportunidades de tornar o trabalho do corretor mais estratégico. Para adotar a solução, no entanto, a busca por parceiros confiáveis e experientes no segmento é fundamental.

Agora que você, corretor, viu como a análise preditiva pode te ajudar a vender mais imóveis, aproveite para conhecer o inGaia Corretor e tenha plataforma completa para o sucesso.

Acredita que seus contatos também podem se interessar em vender imóveis utilizando análise preditiva? Compartilhe esse conteúdo nas suas redes sociais e torne-se uma referência.

publicidade
Black Friday inGaia - R$ 1000,00 de desconto para ter o sistema imobiliário mais completo do mercado
Artigos relacionados
Compartilhe