Locação

Aprenda a impulsionar o aluguel de imóveis com 4 dicas

Aprenda a impulsionar o aluguel de imóveis com 4 dicas

Que a locação de imóveis é uma das formas mais seguras de investimento que temos em nosso país você já sabe, certo? Mas será que sabe também que, para trazer o retorno esperado, é fundamental que tanto o proprietário como o corretor tomem algumas atitudes para tentar impulsionar o aluguel de imóveis?

Pense bem: encontrar um inquilino de qualidade definitivamente não será tarefa fácil se a unidade em questão for pouco atrativa ou estiver em mau estado de conservação. Mas então o que fazer? Confira as dicas que separamos a seguir para que consiga ajudar seus clientes com sucesso!

1. Invista em pequenos reparos

O primeiro passo que os proprietários devem tomar para impulsionar o aluguel de imóveis é investir em pequenos reparos. Muitas vezes, até mesmo toques bastante sutis já servem para deixar a propriedade com outra cara, atraindo o interesse e os olhares dos inquilinos em potencial.

Uma boa pintura, por exemplo, ajuda a renovar os ambientes e não pesa quase nada no orçamento. Pisos quebrados, por sua vez, desvalorizam bastante qualquer unidade, mas demandam um gasto maior. Jardins descuidados passam um ar de desleixo, podendo reduzir a percepção de valor do patrimônio do cliente diante do público.

2. Use imagens de qualidade

Independentemente se a propaganda é digital, publicada nos portais imobiliários, ou tradicional, impressa em jornais e revistas: usar imagens de qualidade nos seus anúncios é outra atitude essencial para impulsionar o aluguel de imóveis. É isso mesmo! Investir nesse quesito ajuda a evitar a perda de locatários em potencial.

Para isso, ter uma câmera com boa resolução é indispensável. O ideal é procurar fotografar durante o dia, a fim de aproveitar a iluminação natural do sol. Foque prioritariamente nos pontos positivos, realçando os ambientes mais amplos e destacando os diferenciais dos ambientes. Faça questão de capturar aqueles itens que agregam valor à propriedade, como jardins, quintais e até a vista.

3. Abra o imóvel para visitas

Por mais que a internet (especialmente os portais imobiliários) tenham ganhado espaço no mercado, altamente sendo usados por quem procura tanto por unidades para locação como para compra, o fato é que, para efetivamente fechar o negócio, a maioria das pessoas faz questão de visitar o local. Seu cliente sabe disso?

Abrir a propriedade para o público pode ser uma tática um pouco trabalhosa, mas que com certeza vale bastante na hora de locar uma casa ou um apartamento. Uma boa ideia para não atrapalhar a rotina do proprietário é sugerir que limite os agendamentos para os finais de semana, quando as pessoas comumente têm tempo para procurar imóveis. Assim fica bom para todo mundo!

4. Seja flexível nos preços

Por fim, ser flexível e justo nos preços é outra atitude essencial para impulsionar o aluguel de imóveis. Muitos locadores caem na tentação de pedir um valor absurdo e, por isso, tendem a ficar com sua propriedade encalhada durante meses — ou até mesmo anos. Mas você está lá para ajudar também nesse quesito, não é mesmo?

Baseie-se no que está sendo cobrado por unidades semelhantes, com os mesmos diferenciais e na mesma região. Lembre seu cliente de que é melhor ter um bom inquilino pagando uma quantia razoável do que ter que arcar com os custos de uma casa ou um apartamento vazio.

Pronto para impulsionar o aluguel de imóveis dos seus clientes? Antes, só aproveite para conferir outro post do blog que mostra os cuidados que você deve com os contratos de locação dos clientes e aproveite para conhecer o nosso software de gestão de contratos de locação e financeiro completo, o inGaia Locação.

publicidade
Black Friday inGaia - R$ 1000,00 de desconto para ter o sistema imobiliário mais completo do mercado
Artigos relacionados
Compartilhe