Locação

Atenção corretores: 7 dicas para alugar seu imóvel mais rápido

Atenção corretores: 7 dicas para alugar seu imóvel mais rápido

O desempenho da corretagem no mercado de locação não está atrelado somente à dinâmica de procura e de oferta existente em determinado momento. Naturalmente, essa dinâmica oscila em função de vários aspectos que estão relacionados à economia ou ao próprio comportamento dos clientes em determinada cidade.

Portanto, para manter um ritmo constante dos negócios e alugar mais rapidamente os imóveis existentes, é importante que o corretor preste atenção em alguns detalhes que podem fazer muita diferença.

Por isso, vamos apresentar neste post 7 dicas para você adotar e melhorar os resultados do seu negócio. Confira!

1. Prospecte o que o mercado deseja

O primeiro ponto a ser considerado pelo corretor é direcionar a prospecção de imóveis para o ponto em que o mercado apresenta mais demanda. Naturalmente, aqueles imóveis que chegam espontaneamente devem ser acolhidos e, adiante, também veremos outras dicas que ajudarão você a alugá-los com mais rapidez.

Porém, para alugar mais rapidamente e manter um volume de negócios consistente, é importante que a corretagem seja bem-direcionada.

Para tanto, pesquise os tipos de imóveis que estão sendo mais procurados na região onde você atua e empenhe maior esforço na prospecção deles. Se houver indícios de que existem outras regiões onde há demandas consistentes, talvez seja interessante pensar em uma atuação também naquelas praças.

De qualquer maneira, quanto maior for a demanda por um tipo de imóvel, maior também será a agilidade na locação.

2. Anuncie na internet

A internet hoje representa o carro-chefe dos anúncios no mercado imobiliário. Por meio de sites especializados ou mesmo por outros sites de negócios e até pelas redes sociais, surgem infinitas possibilidades de negócios, que podem ajudar você a alugar mais rapidamente os imóveis que estão na sua carteira.

Para tanto, crie anúncios objetivos, com textos consistentes e corretos, que sejam capazes de ressaltar todos os diferenciais dos imóveis que você tem para alugar. Valorize esses textos com boas imagens — que sejam produzidas em ambientes bem-organizados e com boa iluminação.

Oferecendo boas informações, será possível filtrar os clientes e atender somente aqueles que realmente têm perfil para a locação de um determinado imóvel — o que ajuda acelerar o processo e evita trabalhos desnecessários.

3. Faça uma boa avaliação

É natural que o valor de locação esteja associado ao valor de venda do imóvel no mercado. Cada praça segue uma tendência própria. Contudo, no Brasil, de modo geral, o valor de aluguel equivalente a 0,5% do preço de venda do imóvel é considerado adequado para a maioria das cidades.

Porém, cabe ao corretor certificar se, de fato, esse percentual é compatível com a realidade do mercado no qual ele atua. Há situações em que alguns imóveis ficam mais valorizados, em função da qualidade que eles apresentam e do nível de exclusividade que têm.

Todavia, é fundamental ter a certeza de que essa sobrevalorização é compatível com o que o mercado comporta em dado momento. Nesse caso, eventualmente, pode ser necessário flexibilizar o valor para conseguir alugar o imóvel.

4. Negocie com o proprietário

Não resta dúvida que, na locação, o locador do imóvel tem um status de extrema importância. Afinal, é ele quem possibilita o negócio e quem paga os custos da administração. Portanto, é importante que seja dedicada a máxima atenção para as condições que ele determina.

Entretanto, o locatário — que é a outra parte que viabiliza o negócio de locação — também merece ser valorizado. Sendo assim, desde que um candidato apresente argumentos consistentes e que mereçam ser avaliados, é importante levá-los até o proprietário do imóvel para análise.

Eventualmente, o candidato pode pedir algum desconto, carência para o pagamento do primeiro aluguel ou melhorias no imóvel. Se as propostas forem plausíveis, elas devem ser consideradas, e cabe ao corretor recomendar ao proprietário alguma flexibilidade.

Portanto, em vez de ficar esperando por outra proposta mais próxima do ideal para alugar mais rapidamente, é interessante deixar o proprietário a par de todas as propostas que pareçam razoáveis.

Nesse aspecto, vale considerar que, em tempos de economia difícil, quando alguns imóveis estão ficando fechados por meses a fio, é mais vantajoso flexibilizar o negócio do que manter o imóvel fechado por longo tempo.

Ora, enquanto o imóvel está fechado, caberá ao proprietário arcar com todas as despesas como IPTU, condomínio, manutenção, limpeza etc. Além disso, o proprietário deixa de receber o valor do aluguel, por menor que seja.

Sendo assim, é importante deixar claro para o locador que, para acelerar o processo de locação e evitar que o imóvel fique fechado por um tempo ainda maior, causando mais prejuízo, pode ser interessante alugá-lo por um valor mais baixo.

Assim, será possível transferir as despesas para o inquilino e ainda obter algum rendimento, mesmo que seja inferior àquele esperado originalmente.

5. Mantenha o imóvel em boas condições

Também é fundamental alertar o proprietário sobre a necessidade de o imóvel estar sempre em perfeitas condições para ser ocupado. Nesse sentido, é essencial que ele tenha pintura nova, pisos com boa qualidade e todas as instalações funcionando perfeitamente, e que ele esteja limpo e não apresente nenhum defeito estrutural.

Portanto, para alugar mais rapidamente, o candidato à locação deve encontrar tudo na mais perfeita ordem, sem que seja dado a ele motivo para apresentar qualquer objeção relacionada à qualidade do imóvel.

6. Invista em melhorias

Ao mesmo tempo, é interessante que o proprietário compreenda que todo investimento que ele fizer em melhorias no imóvel servirá para acelerar o processo de locação. Além disso, também é importante considerar que o imóvel será valorizado — o que também merece atenção.

Portanto, investir em reformas e na instalação de equipamentos que sejam compatíveis com o tipo de imóvel e com o mercado no qual ele está inserido pode aumentar o interesse dos candidatos e acelerar a assinatura do contrato de locação.

7. Aprimore o atendimento

Um dos grandes erros que as imobiliárias podem cometer é dedicar total atenção ao proprietário dos imóveis e tratar os candidatos à locação sem o devido cuidado. Dessa forma, há aqueles que se sentem desvalorizados e preferem fechar negócio com outras empresas que oferecem um atendimento melhor em todas as etapas da locação.

Isso não significa, é claro, que o bom atendimento deve abrandar o rigor na análise de cadastro do candidato a inquilino. Porém, atendê-lo com a máxima gentileza, mantendo-se à disposição para apresentar o imóvel quando solicitado e para esclarecer dúvidas certamente o deixará mais satisfeito, aumentando as chances de ele alugar mais rapidamente o imóvel pelo qual se interessou.

Estamos certos de que, seguindo essas dicas, você alcançará melhores resultados na sua imobiliária. Contudo, se restou alguma dúvida ou se você deseja manifestar a sua opinião, deixe abaixo o seu comentário.

Nós teremos imensa satisfação em ajudá-lo e em saber o que você está pensando sobre esse tema!

publicidade
Artigos relacionados
Compartilhe