Mercado

Como a alta do dólar favorece o mercado imobiliário brasileiro?

Como a alta do dólar favorece o mercado imobiliário brasileiro?

Recentemente, os brasileiros viram o dólar simplesmente disparar, atingindo valores históricos. E por mais que esse cenário tenha encarecido uma série de produtos e insumos em diversas áreas do mercado nacional, é também essa alta a responsável pela gradual recuperação do setor imobiliário. Sabia que a estagnação do mercado imobiliário brasileiro se deve principalmente crise econômica e à oferta de unidades imobiliárias encalhadas? Quer saber como tudo isso acontece? Então veja a seguir como a alta do dólar favorece o mercado imobiliário brasileiro!

Os investimentos externos perdem atratividade

Quando o dólar aumenta, os investimentos externos consequentemente perdem no quesito atratividade. Nesse contexto, os investidores do mercado interno passam a ter menos poder de compra de ações de empresas no exterior e a rentabilidade se torna menor. Além disso, também fica menos atraente fazer uma série de investimentos internos, sem contar que, acompanhado da crise econômica, a alta do dólar formou um cenário de instabilidade para certas aplicações de renda fixa atreladas a indicadores econômicos. Em meio a tudo isso, como o mercado imobiliário apresenta boas perspectivas mesmo com a alta do dólar, o resultado é que mais investidores passam a aplicar seus recursos no setor.

O interesse dos investidores estrangeiros aumenta

Ao mesmo tempo, se o dólar aumenta, os investidores externos passam a ter um maior poder de compra por aqui. Assim, com o mesmo recurso que possuíam há um ano, agora podem adquirir imóveis bem melhores. E isso gera um mercado de oportunidades bastante vantajosas para quem está no exterior e quer investir no mercado imobiliário brasileiro, que se torna mais atrativo e rentável para esses investidores. É por isso que os momentos de alta do dólar costumam vir acompanhados de um aumento na procura estrangeira por imóveis brasileiros. Normalmente, o propósito é alcançar uma situação futura de valorização, fazendo aquisições que de outro modo não seriam tão rentáveis ou mesmo possíveis.

A alta do dólar abaixa os preços dos imóveis

Normalmente, uma alta mais elevada do dólar está diretamente relacionada à deterioração da economia. Assim, a inflação e as taxas de juros tendem a aumentar juntamente com o câmbio, o que diminui tanto a oferta de crédito como o poder de compra. Isso significa que os imóveis encalham mais facilmente, ao menos em um primeiro momento. Paradoxalmente, isso acaba se mostrando vantajoso para o mercado imobiliário, uma vez que gera mais oportunidades de negócio ao tornar as oportunidades mais atrativas e rentáveis. Afinal de contas, com os imóveis desvalorizados, os investidores tendem a fazer aquisições pensando na valorização futura, reaquecendo o mercado.

Como você pôde ver, a alta do dólar é um dos fatores que vêm favorecendo o mercado imobiliário brasileiro porque além de jogar os preços dos imóveis para baixo, também atrai tanto investidores internos como externos, aquecendo novamente o mercado. Não parece um momento promissor para os negócios?

Aproveite para conhecer o melhor CRM imobiliário do mercado e acompanhe as oportunidades com o melhor software de gestão de clientes, através de qualquer dispositivo e em qualquer lugar. O inGaia Imob permite que você faça toda essa gestão, além de contar com um poderoso site customizável para divulgar seus imóveis e atrair clientes.

Agora comente aqui e nos conte se ainda ficou com alguma dúvida sobre o assunto! Não deixe de compartilhar suas impressões e seus questionamentos para enriquecer nosso post!

publicidade
Black Friday inGaia - R$ 1000,00 de desconto para ter o sistema imobiliário mais completo do mercado
Artigos relacionados
Compartilhe