Locação

locacao-como-fazer-com-que-a-locacao-para-estudantes-seja-um-bom-negocio.jpeg

Como fazer com que a locação para estudantes seja um bom negócio?

Se você já enfrentou a resistência de proprietários de imóveis em relação à locação para estudantes, certamente viu algumas oportunidades de negócios perdidas, não é mesmo? Embora isso seja frustrante, é bem comum encontrar esse tipo de situação. Assim, passa a ser uma tarefa do corretor de imóveis conhecer os benefícios do negócio e ter bons argumentos para convencer o proprietário a fazer a melhor escolha.

Exatamente por isso, neste artigo mostraremos as vantagens da locação para estudantes e alguns cuidados que você deve ter na elaboração do contrato para evitar atritos entre as partes.

Quer ampliar o seu leque possibilidades para a locação de imóveis? Então siga com a leitura!

Por que alguns inquilinos evitam alugar para estudantes?

Todo ano, entre os meses de janeiro a março — principalmente nos grandes centros urbanos e polos universitários —, o mercado de imóveis é aquecido devido ao grande número de jovens que se mudam em busca de novas oportunidades de estudo. Esse dado, por si só, já aponta a grande oportunidade que deveria ser explorada por corretores e proprietários.

No entanto, o problema é que muitos proprietários encaram o negócio como arriscado ou desvantajoso — seja pelo receio de perturbações à vizinhança, riscos de não receber o pagamento em dia ou por possíveis prejuízos à propriedade.

Assim, é comum encontrar placas que indicam que o imóvel está para locação, menos para estudantes. Vale ressaltar que essa prática é legal, visto que a locação é um direito privado. Desse modo, o locador pode selecionar o locatário que achar mais conveniente — desde que não cometa discriminações que sejam consideradas criminosas (por raça, religião, gênero ou orientação sexual, por exemplo).

Logo, cabe ao corretor mostrar ao dono do imóvel que a locação para jovens universitários pode ser segura e vantajosa quando o contrato é bem elaborado.

Quais são as vantagens da locação para estudantes?

Alugar imóveis para estudantes tem alguns diferenciais positivos em relação à locação comum. A seguir, conheça alguns desses benefícios que podem ser apresentados ao proprietário para convencê-lo do negócio.

Renda garantida a longo prazo

Cursos universitários costumam ter uma duração média de 4 anos. Logo, a locação para estudantes garante uma renda por um longo prazo — uma vez que eles dificilmente abandonam o imóvel antes do término do curso.

Se a intenção do proprietário é ter uma locação duradoura, uma boa estratégia é mostrar a ele esse benefício de fechar negócio com um jovem universitário.

Locação mais rápida

Imóveis situados em regiões próximas a faculdades ou de fácil acesso ao transporte público são as preferidas por estudantes. Além disso, os imóveis mobiliados aumentam o interesse do público em questão.

Portanto, se o proprietário pretende alugar o imóvel rapidamente, recusar o negócio para estudantes não é uma boa escolha.

Por fim, cabe ressaltar que estudantes, normalmente, têm uma vida agitada e repleta de tarefas. Desse modo, eles não têm tempo para se dedicar a animais de estimação. Para condomínios que fazem restrição a pets, a locação para universitários pode ser uma boa opção.

Agora que você já conhece as vantagens da locação para estudantes, é a vez de ver alguns cuidados que devem ser tomados para evitar dores de cabeça no futuro.

Quais cuidados devem ser tomados ao alugar imóveis para estudantes?

A locação de imóveis para estudantes, como qualquer outra, pode gerar alguns atritos entre locador e locatário. Cabe ao corretor mediar os conflitos e, acima de tudo, conhecer antecipadamente os riscos específicos da locação e se precaver dos problemas. Assim, veja a seguir alguns cuidados que você deve tomar.

Faça uma vistoria minuciosa do imóvel

Uma vistoria bem detalhada é importante tanto no início do contrato quanto no momento de encerramento. Essa prática garante que os estudantes não devolverão um imóvel deteriorado ao proprietário e, caso aconteça, será mais fácil mostrar os pontos que precisam ser reparados antes da devolução das chaves.

Informe as normas do condomínio

De fato, estudantes são indivíduos cheios de jovialidade e propensos a participarem de festas e reuniões animadas pela música e muita conversa alta.

Para evitar que esse tipo de evento ultrapasse os limites e tire o sossego dos vizinhos — o que pode resultar em problemas para o proprietário —, conheça as normas do condomínio e apresente-as ao inquilino. Caso existam multas ou outras medidas punitivas para esses incidentes, ressalte que a responsabilidade é do causador da perturbação.

Essa atitude pode garantir uma boa relação entre todos os envolvidos no processo — locador, locatário, condomínio, vizinhança e também o corretor.

Veja se a convenção de condomínio permite a locação em grupo

Locações em grupo por estudantes, as chamadas repúblicas, muitas vezes não são permitidas na convenção do condomínio. Quando o imóvel é ocupado por até dois ou três jovens, não é caracterizado como república. No entanto, as restrições começam quando o grupo aumenta.

Nesses casos, não adianta formalizar o contrato, uma vez que o proprietário será notificado ou até multado no futuro. Assim, informe ao pretendente a inquilino o número máximo de estudantes permitidos logo no primeiro contato.

Dê atenção ao contrato de locação

Um instrumento de locação para estudantes deve seguir os mesmos critérios e cuidados de qualquer outro tipo de contrato. Portanto, verifique a documentação e defina cláusulas claras que estipulem os direitos e deveres de ambas as partes para garantir um bom relacionamento entre todos.

Escolha a melhor forma de garantia

O contrato de locação para estudantes, na maioria dos casos, é assinado pelos pais. Contudo, se o jovem já tiver renda para comprovar, ele poderá assumir a responsabilidade e contar com os pais apenas como fiadores.

Outra modalidade muito utilizada nesses casos é o seguro-caução. Portanto, verifique qual forma de garantia trará mais segurança e agilidade na locação do imóvel.

Como convencer o proprietário?

A esse ponto da leitura, certamente você já conhece as vantagens e cuidados que devem ser tomados ao alugar imóveis para estudantes. Portanto, converse com o proprietário de maneira clara e assertiva, convença-o de que a proibição não é o melhor caminho.

Ao contrário disso, elabore um contrato com regras para garantir o bom relacionamento entre todos. Ao agir assim, ele sentirá segurança no negócio e você também se beneficiará com a locação!

Gostou deste artigo? Com essas dicas, você já consegue fazer com que a locação para estudantes seja um bom negócio, não é mesmo? Então agora, leia o nosso outro post que enumera 6 direitos do inquilino que você tem que conhecer para continuar a se inteirar sobre esse assunto!

publicidade
Black Friday inGaia - R$ 1000,00 de desconto para ter o sistema imobiliário mais completo do mercado
Artigos relacionados
Compartilhe