Tecnologia

Entenda como as pessoas buscam imóveis na internet

Entenda como as pessoas buscam imóveis na internet

Até o final dos anos 1990, quando uma pessoa precisava comprar ou alugar um imóvel, basicamente, ela contava apenas com os recursos dos pequenos anúncios nos jornais, com as informações que obtinha diretamente com os corretores nas imobiliárias ou, em grande parte das vezes, com a sola do sapato, que gastava em horas e horas de investigação nas ruas da cidade. Com a popularização da internet, esse quadro mudou drasticamente.

Ainda que os métodos mais antigos continuem sendo utilizados, a busca por imóveis na internet se tornou algo corriqueiro. Além de ser menos desgastante e de ser mais prático e econômico, o processo oferece outras vantagens, como a possibilidade de comparações imediatas de preços e de características dos imóveis, que antes não eram possíveis.

Mas como será que o cliente busca os imóveis na internet e como você deve posicionar suas estratégias para alcança-lo?

Confira as respostas ao longo desse post.

O comportamento de busca por imóveis na internet

Não importa se é pelo computador, pelo smarthphone ou pelo tablet, as buscas por um imóvel na internet, na imensa maioria das vezes, começam por um site como o Google. Em linhas gerais, no primeiro passo as pessoas digitam os termos básicos que traduzem os interesses que elas têm – especificando o tipo de imóvel, as dimensões e a localização desejada. A partir daí, elas passam a navegar pelos resultados, dando preferência àqueles que mais chamam a atenção.

Esta é uma descrição bastante óbvia sobre como fazer qualquer pesquisa na internet. Porém, vale a pena destaca-la aqui, uma vez que ela indica um comportamento que se tornou habitual nos dias de hoje, inclusive entre as pessoas que procuram por imóveis. Não importa se a intenção é comprar um tênis dos mais baratos ou um imóvel dos mais caros, o princípio da busca será essencialmente o mesmo.

Portanto, a próxima questão é entender o que chama mais a atenção de quem faz a pesquisa, quando a pessoa se vê diante dos tantos resultados que surgem.

A visibilidade

Naturalmente, obtém maior destaque aqueles imóveis que aparecem logo na primeira página dos resultados e ainda mais aqueles que figuram nas primeiras linhas. Mesmo que o interessado role a página e navegue pelas dezenas de outras que virão a seguir, o primeiro contato visual dele será com as linhas que aparecem no topo da pesquisa.

Não é por acaso que os três primeiros resultados que surgem na página do Google e os links que aparecem na lateral direita da página são pagos. De fato, essa área nobre da busca é ocupada por anúncios que são adicionados com base em palavras chaves selecionadas pelo anunciante e que serão vinculadas aos padrões de busca.

Por exemplo, se você estiver anunciando um apartamento com quatro quartos que tenha uma área privativa, estas são características que merecem ser destacadas como palavras chaves. Assim, uma pessoa que estiver buscando algo com esse padrão terá mais chances de localizar o anúncio do seu imóvel.

No Google, por exemplo, há a ferramenta AdWords que trabalha com essa lógica. A partir de um determinado investimento, você poderá moldar um anúncio com base em palavra chaves e ele figurará nessa área nobre do buscador.

AdSense

Existem outros meios de estimular o comprador ou o locador por meio de anúncios. Outro exemplo do Google é o AdSense, uma ferramenta que permite a inclusão de propagandas nos blogs e nos sites que se vinculam ao serviço. Isso significa que, eventualmente, quem estiver visitando estas páginas poderá encontrar o seu anúncio.

Porém, nem só a eventualidade levará o buscador a encontrar o que você quer vender ou alugar. Se você costuma fazer pesquisas de produtos na internet já deve ter notado como, após a sua busca, aquele mesmo produto que você pesquisou começa a ser ofertado nos sites que você visita e que publicam anúncios.

Não é coincidência. Isso ocorre porque o buscador do Google informa ao mecanismo do AdSense o tipo de pesquisa que você realizou. A partir daí, o serviço começa a lhe apresentar anúncios relacionados à sua pesquisa.

Mídias sociais

As mídias sociais configuram outro meio bastante útil para a divulgação de produtos, uma vez que, espontaneamente, as pessoas buscam informações por elas. De fato, uma rede social como o Facebook, por exemplo, funciona como um grande espaço público virtual onde as pessoas trocam informações variadas. Por isso mesmo, ele se tornou favorável para a publicação de anúncios.

Para viabilizar essa publicidade, o Facebook também publica anúncios que podem ser direcionados  a públicos alvos específicos e também de acordo com palavras chaves. É possível selecionar, por exemplo, região de interesse, faixa etária e sexo do público que você deseja alcançar.

Isso é interessante para moldar direcionar o seu anúncio de acordo com o tipo de imóvel que você está ofertando. Imagine que você esteja anunciando um apartamento quarto e sala próximo a uma faculdade. Ora, esse tipo de imóvel tem como perfil preferencial de interessados exatamente o público formado por jovens estudantes. Direcionando a sua busca para esse público você racionaliza os seus gastos com publicidade e aumenta as chances de sucesso.

Tenha um bom site

Com tantas possibilidades nos sites de busca e nas redes sociais, há quem acredite que pode abrir mão de ter um site, por meio do qual possa ofertar os imóveis que tem em carteira. Esse é um grande equívoco. Afinal, a palavra “site” pode ser traduzida livremente como “lugar” e, na internet, ele funciona como isso mesmo: como um lugar onde é possível apresentar informações detalhadas sobre um produto, um serviço ou uma instituição, o que as redes sociais ou os buscadores não permitem.

Aliás, o ideal é que aquelas opções de divulgação – no Google e no Facebook, por exemplo – conduzam o interessado pelo imóvel para o seu site. Nele, você poderá informar ao público, de maneira sucinta e com objetividade, quais são os serviços que você presta e qual é o conceito que você detém no mercado. Além disso, você poderá criar um bom catálogo com os seus imóveis, o que merece ser destacado.

Cuide bem das fotografias de imóveis na internet

No seu site as fotos devem merecer uma atenção especial, uma vez que elas terão o poder de influenciar positiva ou negativamente a pessoa que busca um imóvel pela internet. De fato, você não precisa ter um equipamento profissional para realizar essa tarefa, mas é importante que ela seja feita com cuidado e atenção para a qualidade.

Portanto, procure fotografar com uma boa resolução, prestando atenção na luminosidade do ambiente, que deve ser boa. Procure valorizar os melhores ângulos dos cômodos e tome o cuidado de apresenta-los limpos e bem organizados.

Presencialmente, a bagunça e a sujeira causam uma péssima impressão em quem visita uma imóvel. Para quem procura imóveis pela internet não é diferente. A pessoa não se sentirá estimulada a conhecer um imóvel que não tenha sido bem apresentado.

Agora que você já entendeu um pouco mais sobre como as pessoas buscam imóveis na internet, que tal ler outro artigo interessante: Investidores estrangeiros: por que eles procuram imóveis no Brasil? e investir em um site que permite a customização de buscas, banners, vitrines e chamadas, entre outros destaques. Com o inGaia Sites, são infinitas as opções que garantem um site exclusivo para seu negócio.

publicidade
Artigos relacionados
Compartilhe