Financeiro

Entenda melhor como funciona o consórcio imobiliário

Entenda melhor como funciona o consórcio imobiliário

Com a crise financeira e o relativo aumento nas taxas de juros de financiamentos imobiliários, as pessoas voltaram a buscar alternativas para realizar a compra do seu imóvel. Como são poucos os que têm dinheiro à vista, os consórcios podem ser uma opção interessante.

Mas você sabe como funciona consórcio imobiliário? Primeiramente, vamos entender o seu conceito.

O que é consórcio imobiliário?

Assim como o automotivo, o consórcio imobiliário é a reunião de um grupo de pessoas interessadas em adquirir um imóvel próprio ou levantar recursos para realizar uma reforma em sua casa ou apartamento.

A cada mês, um consorciado é contemplado com a carta de crédito, que pode ser utilizada para a aquisição de imóveis novos ou usados, ou ainda para servir como entrada de um financiamento.

Como funciona consórcio imobiliário?

O consórcio de imóveis funciona por meio da emissão de cotas, que podem ser adquiridas por quem está interessado em comprar um imóvel. O consórcio é formado pelo grupo de pessoas que adquirirem essas cotas.

Os participantes contribuem por meio de prestações mensais sem juros, calculadas de acordo com o valor total da carta de crédito. Soma-se a esse valor a taxa de administração e o fundo de reserva.

Todos os meses, os participantes do grupo concorrem aos sorteios. Os consorciados têm, ainda, a opção de dar lances com recursos próprios ou antecipar a contemplação utilizando 25% do valor do crédito.

A carta de crédito pode ser usada na compra de qualquer tipo de imóvel, inclusive para fins comerciais. O contemplado também pode utilizar o recurso para realizar a construção em um terreno de sua propriedade ou fazer a reforma do seu imóvel. Caso a pessoa tenha um financiamento em vigor, pode realizar a quitação do débito.

O imóvel adquirido fica hipotecado ou alienado ao grupo consorciado, dependendo do regulamento do consórcio. Isso até a quitação total do bem, após o sorteio.

Quais as vantagens e desvantagens desse tipo de negócio?

Vantagens:

  • sem os altos juros do financiamento, a compra do imóvel fica mais em conta;
  • o consórcio possui menos processos, portanto é menos burocrático;
  • a carta de crédito é flexível e permite também que sejam feitas construções e reformas;
  • possibilidade de utilizar o FGTS para cobrir o valor da carta de crédito e quitar a dívida.

Desvantagens:

  • para quem tem pressa de adquirir um imóvel, o consórcio não é um bom negócio, pois é preciso esperar os sorteios ou dar um lance alto;
  • os grupos de consórcio ainda carecem de alguma solidez no mercado, o que gera menos garantias
  • com o mercado imobiliário passando por grande volatilidade, uma carta de crédito que é alta hoje, pode ser insuficiente em 5 ou 10 anos.

Embora seja, de fato, uma boa solução para a compra de um imóvel, o consórcio imobiliário deve ser muito bem avaliado junto de todas as outras opções. Afinal de contas, um imóvel não é um bem de baixo valor, não é mesmo?

Agora que você já sabe como funciona consórcio imobiliário, que tal aproveitar para aderir a nossa plataforma de software e site para imobiliárias? Confira!

publicidade
Administração de Locações e Financeiro Completo - inGaia Locação
Artigos relacionados
Compartilhe