Mercado

existe-sazonalidade-no-mercado-imobiliario.jpeg

Existe sazonalidade no mercado imobiliário?

Não importa o setor do seu negócio: todo mundo quer atingir os objetivos de vendas e terminar o ano com os números nas alturas. Para isso acontecer, é necessário entender o mercado e se antecipar às crises que podem aparecer.

Se você trabalha com imóveis, já deve ter ouvido falar sobre a sazonalidade no mercado imobiliário. Mas será que esse fenômeno realmente acontece? Tire agora suas dúvidas!

Setor sobrevive a crises econômicas

Independentemente da sazonalidade no mercado imobiliário, é importante entender que, mesmo em meio a crises econômicas, o setor está sempre aquecido. Ainda que haja mudanças com relação à demanda e ao preço das propriedades, o mercado imobiliário atrai investidores durante o ano todo.

A vantagem está no fato de que um imóvel é um bem durável e de retorno praticamente certo, ou seja, é um negócio com poucos riscos. Na pior das hipóteses, uma propriedade traz segurança para o futuro e acaba sendo uma forma de economizar dinheiro.

Por isso, mesmo que o período econômico do país não seja dos melhores, sempre existem pessoas querendo investir suas economias em uma escolha certeira.

Período do ano não influencia na busca por moradia

Antes de você achar que já tem a resposta para a sua pergunta, nós vamos explicar. Em tese, as pessoas que estão interessadas em comprar uma propriedade não se importam muito com a estação ou época do ano.

Esse é o tipo de aquisição que fica reservada para o momento em que o comprador encontra o imóvel ideal e tem dinheiro no bolso. Como a casa dos sonhos não avisa antes de o anúncio pipocar, isso pode acontecer em qualquer época.

Ainda assim, alguns fatores podem ser levados em conta. Janeiro e julho, meses de verão e férias escolares, costumam registrar um número baixo de vendas de imóveis. As pessoas estão descansando, gastaram muito dinheiro com as festas de dezembro e preferem viajar com a família.

Entretanto, como elas têm mais tempo livre, é nesse momento em que a pesquisa pode começar e os interessados passam a entrar em contato com os corretores.

Se você observou esses fenômenos nos meses de janeiro e julho, procure investir na conquista dos seus consumidores durante esses períodos. Essa estratégia básica pode aumentar suas vendas no decorrer do ano e fazer uma grande diferença nos rendimentos.

Uma dica é captar os dados de pesquisa desses clientes e enviar imóveis que se encaixem no perfil, fornecendo a eles aquilo de que precisam antes mesmo de pensarem em procurar novos imóveis.

Invista em recursos que atraiam seus consumidores e converta-os, de meros interessados, em potenciais compradores.

Imóveis de temporada sentem a diferença

Propriedades localizadas em cidades litorâneas ou em áreas rurais podem sentir a sazonalidade no mercado imobiliário.

Dezembro e janeiro fazem bombar os interessados em imóveis na praia, já que são o ponto alto do verão. Nesses momentos, os imóveis para temporada são valorizados e podem ser disputados por vários interessados.

O mesmo vale para chácaras, sítios e outros tipos de casas no campo, que costumam atrair compradores e investidores também em períodos mais quentes.

Para aqueles que pretendem investir em uma segunda propriedade, o comum é procurar por esses imóveis nos períodos de menor oferta, já que os preços são mais convidativos. Nesse caso, especificamente, junho e julho podem ser épocas bastante promissoras.

O corretor imobiliário pode se valer dessa informação e aumentar a força das suas divulgações durante os meses de maior procura, destacando os imóveis de férias nesse período e garantindo boas negociações.

Avaliar o comportamento do consumidor pode evitar crises

A internet revolucionou a forma de o consumidor se envolver com as empresas, e isso se estende ao mercado imobiliário. Para que corretores e imobiliárias sobrevivam, é preciso que eles aprendam a se comunicar com esse consumidor, que já está acostumado a respostas rápidas e às ferramentas de pesquisa.

Quando uma empresa adapta sua linguagem, usa as ferramentas corretas, entende os problemas do cliente e usa a abordagem certa para atrair os compradores, fica muito mais fácil fechar negócio.

Se antes era o corretor quem buscava o interessado, hoje as pessoas é que procuram quem tem o imóvel com o qual elas tanto sonham. É preciso estar preparado para isso.

Quando um profissional se prepara para o consumidor e consegue fornecer o que ele precisa, não existe sazonalidade que prejudique uma empresa.

Tenha as informações na ponta da língua e ofereça ao seu cliente aquilo que ele não pode acessar no seu site. Dados exclusivos e promoções especiais cativam e são um diferencial na hora da decisão.

Procure oferecer aos seus clientes em potencial conteúdo de qualidade e relevante, de forma a conquistar o respeito e a credibilidade do público.

A tecnologia é uma aliada

A mudança de comportamento dos consumidores com as empresas exige grandes atitudes dos gestores e profissionais autônomos. Para se adaptar a essa nova linguagem, é essencial que o corretor utilize da tecnologia para alavancar os negócios.

Tenha um site responsivo e eficaz, que forneça todas as informações de que seu cliente precisa. Providencie canais de comunicação e responda com a rapidez que o momento exige.

Se você ainda não conhece os softwares para imobiliária, convém começar a pesquisar. São ferramentas que atendem às necessidades das empresas e dos corretores autônomos, de forma a otimizar o contato com o cliente, mensurar o resultado das estratégias e entregar às pessoas o produto de que elas precisam.

Já imaginou poder atualizar seu consumidor a respeito dos imóveis que entram no seu catálogo e que se encaixam no perfil dele? As ferramentas para imobiliárias e corretores possibilitam que você se antecipe e envie todos os dados automaticamente.

Não adianta entender sobre a sazonalidade no mercado imobiliário se o profissional não estiver disposto a se adaptar ao comportamento do consumidor. Por isso, utilize de todas as ferramentas tecnológicas disponíveis para se preparar para períodos de poucas vendas e lucrar o ano todo.

Agora que você já tirou suas dúvidas sobre a sazonalidade no mercado imobiliário, que tal aumentar seu leque de vendas? Clique aqui e saiba se vale a pena trabalhar com imóveis comerciais!

publicidade
Artigos relacionados
Compartilhe