Mercado

mercado-saiba-tudo-sobre-o-mercado-de-imoveis-de-luxo-atual.jpeg

Saiba tudo sobre o mercado de imóveis de luxo atual

Especialmente pela alta demanda desse perfil específico de compradores nas maiores cidades do Brasil, o mercado de imóveis de luxo vem se expandindo bastante por aqui. Mesmo com a crise e o impacto por ela gerado no setor imobiliário, demandando mais cautela nos investimentos, esse ramo continuou com uma procura bem elevada. Por isso, os corretores que souberem explorar a tendência certamente conseguirão excelentes resultados.

Vale lembrar, no entanto, que esse tipo de propriedade tem um público razoavelmente limitado e que os valores de uma eventual transação não podem ser considerados baixos. Assim, o profissional que deseja negociar com um cliente de alto padrão precisa, antes de mais nada, compreender perfeitamente qual é a realidade do setor, bem como quais são as expectativas desses consumidores exigentes.

Quer aprender um pouco mais sobre o tema e descobrir tudo o que você precisa saber sobre o mercado de imóveis de luxo atual em nosso país? Então confira já o conteúdo que preparamos!

A criação do mercado de luxo

Primeiramente, é preciso entender como o país chegou a essa quantidade de compradores de alto padrão. Se há poucas décadas isso era simplesmente impensável, uma vez que o número de pessoas com esse poder aquisitivo era extremamente restrito, hoje o cenário é outro. E são algumas mudanças na nossa sociedade que justificam a criação de um mercado de imóveis de luxo sólido e resistente às crises.

Basicamente, a estabilização da moeda que veio com a criação do Plano Real, em meados da década de 90, explica boa parte da mudança. Antes disso, com a inflação nas alturas e a economia complicada do país, fazer investimentos corretos, que proporcionassem uma rentabilidade perceptível, era algo extremamente difícil. O acúmulo de riquezas era, assim, privilégio de poucos. Com o equilíbrio conquistado e a redução da desvalorização do nosso dinheiro, mais pessoas puderam buscar sua tão sonhada independência financeira.

Com isso, juntar capital e procurar por aplicações mais lucrativas ficou mais simples. Nesse contexto, pessoas comuns passaram a conseguir se programar a longo prazo, possibilitando com isso o empreendedorismo. Somando tudo isso à entrada de capital estrangeiro, à globalização e à maior abertura da nossa economia, temos a equação montada: uma nova classe emergente com alto poder aquisitivo.

A influência da crise

Todos temos ao menos um mínimo de conhecimento sobre a crise que vem assolando o país nos últimos anos e sobre como isso afetou todos os setores, inclusive o mercado imobiliário. Mas a verdade é que por mais que outras propriedades tenham sofrido estabilização ou até mesmo a redução dos preços, o segmento de luxo passou quase intocado, ainda com muitas ofertas e interessados nas unidades de alto padrão.

Na prática, a conjuntura econômica pouco favorável afetou mais notadamente as classes medianas da população, até com o crédito para financiamentos tendo sofrido cortes. Nesse mesmo contexto, por outro lado, quem tinha investimentos no exterior ou possuía empreendimentos mais robustos pode até ter lucrado.

O que realmente mudou para esse público específico e consequentemente para os corretores é que esse cliente mais afortunado está cada vez mais exigente, demandando por isso um atendimento personalizado. Nos dias de hoje, esse comprador só vai assinar o contrato para adquirir uma propriedade se ela atender completamente a suas necessidades e expectativas.

As particularidades dos imóveis de luxo

Você por acaso está aí se perguntando o que efetivamente é um imóvel de luxo? Obviamente, esse entendimento varia de cliente para cliente e até de cidade para cidade, mas o fato é que, no fim das contas, essas propriedades têm um perfil bem determinado, seguindo um padrão de excelência que não só pode como deve ser observado pelo corretor atento. Lembre-se de que, como esse público é mais detalhista e minucioso, diferenciais são mais que bem-vindos.

É preciso contar com uma planta exclusiva, preferencialmente feita por arquitetos renomados no setor de construção. Projetos individuais para cada unidade e ambientes desenvolvidos são fundamentais, personalizando a execução e a distribuição do espaço. Embora não seja obrigatória, a aplicação de técnicas sustentáveis também é uma grande tendência, assim como sistemas de energia solar e de reaproveitamento de água da chuva.

Como esse é um cliente de alto poder aquisitivo, a segurança definitivamente deve ficar em primeiro plano. Assim, o ideal é que os prédios ou condomínios sejam dotados de elevadores codificados, câmeras de monitoramento, sensores de presença e equipes treinadas de segurança.

O esplendor também está presente no conforto oferecido: sistema de iluminação acionado remotamente, banheira com hidromassagem, jacuzzi, suíte com closet, controles remotos individuais para cada cômodo, sauna, piscina aquecida, paisagismo, pé-direito mais alto, som ambiente e muito mais. E não podemos nos esquecer da localização! Imóveis de luxo geralmente ficam nos bairros mais disputados e valorizados da cidade.

O processo de venda desses imóveis

Agora a pergunta que não quer calar é: como fazer para conseguir vender toda essa riqueza? Pois anote aí algumas dicas!

Reforce a exclusividade

Pessoas que compram no mercado de imóveis de luxo estão dispostas a pagar mais, desde que recebam benefícios em troca. Aí entra a inestimável exclusividade. O corretor estratégico precisa usar essa arma para atrair clientes e fechar mais negócios. Para tanto, destaque os itens únicos do projeto, ainda que outros empreendimentos ofereçam benefícios similares. Ressalte os diferenciais que a casa ou o apartamento tem a oferecer e deixe claro que são poucas as unidades ainda disponíveis.

Destaque o valor agregado

Outra boa estratégia de marketing para o mercado de luxo é destacar o valor agregado que esses imóveis podem oferecer. As facilidades que essas propriedades proporcionam devem ser ressaltadas nas estratégias de merchandising. Um bom acabamento, por exemplo, é uma característica muito admirada por compradores de classe A, uma vez que materiais de primeira linha são pouco frequentes em unidades com menos atributos. Enalteça também a existência de áreas de lazer, salas de ginástica, espaços gourmet e outros benefícios que o imóvel traz.

Faça parcerias com celebridades

Por fim, que tal ser ousado e atrair o público do mercado de imóveis de luxo atual fazendo parcerias com celebridades? Acredite: essas propriedades são mais facilmente vendidas quando seu marketing é alinhado com pessoas conhecidas dos clientes, que agregam credibilidade. Se essa estratégia for cara demais para seu orçamento, procure pessoas influentes localmente ou até mesmo famosos da internet para chamar atenção sem ter que gastar tanto com cachês.

E agora que você já sabe praticamente tudo sobre o mercado de imóveis de luxo atual, aproveite para conferir nossas estratégias para impulsionar o mercado de imóveis no Brasil! Não se esqueça de conhecer o inGaia Imob e faça a gestão de clientes e imóveis, além de acompanhar a performance de sua imobiliária de qualquer lugar e de qualquer dispositivo.

publicidade

Compartilhe