Tecnologia

Sensores Beacon: o que são e como eles ajudam a vender imóveis?

Sensores Beacon: o que são e como eles ajudam a vender imóveis?

O uso da tecnologia para vender imóveis tem se tornado recorrente, seja com processos de automação, realidade aumentada, drones e outros. Uma nova tecnologia que tem chamado a atenção e promete gerar novas oportunidades de negócios são os Sensores Beacon.

O mercado imobiliário já apresenta sinais de crescimento em 2017 e, para aumentar as oportunidades de vendas de imóveis, a experiência do usuário tem ganhado uma importância primordial.

No caso dos Sensores Beacon, o uso da tecnologia pode trazer benefícios tanto para a empresa quanto enriquecer a experiência do cliente. Ficou interessado? Confira!

O que são Sensores Beacon?

O Beacon é uma tecnologia pela qual o dispositivo envia sinais de localização, semelhante a um GPS, utilizando ondas de Bluetooth Low Energy. Ao serem identificados pelos smartphones, é possível realizar ações específicas, como emitir uma mensagem, encaminhar um vídeo ou direcionar para o site da imobiliária.

Devido à alta precisão do Beacon, ele permite identificar com exatidão a localização do potencial cliente utilizando os sensores que estão no ambiente.

Por exemplo, em um imóvel aberto à visitação que está equipado com a tecnologia de Sensores Beacon, é possível determinar quantas pessoas estão em cada cômodo, quanto tempo em média o visitante passa em cada ambiente, em quais locais ele fica mais tempo, entre outras informações úteis.

Além dos dados coletados, a solução permite uma comunicação direta entre a empresa e o cliente, enviando mensagens diretamente para o smartphone.

Para que seja possível estabelecer essa conexão, entretanto, o usuário deve ter instalado aplicativos específicos no dispositivo móvel, como o iBeacon da Apple. Assim, o usuário se predispõe a receber notificações de empresas que utilizam a tecnologia.

Como implementar a solução?

Para que seja possível implementar os Sensores Beacon como uma solução para a imobiliária, é necessário, além do investimento em equipamentos, desenvolver uma estratégia específica para o uso dessa tecnologia.

Uma vez que o potencial cliente receberá notificações diretamente no smartphone dele, essa comunicação deve ser relevante para ele e integrada a uma estratégia que permita melhorar a experiência do cliente interessado no imóvel.

Receber apenas uma notificação com a mensagem “compre esse apartamento”, por exemplo, pode ser considerado invasivo e não agregar valor ao relacionamento com a empresa.

No entanto, receber uma notificação convidando a ver fotos do ambiente decorado ou um vídeo da área de lazer, por exemplo, torna a experiência mais agradável e relevante para o usuário.

Além da estratégia para um uso eficiente e relevante dos Beacons, a empresa deverá investir em equipamentos e aplicativos que permitam esses benefícios.

Os Beacons devem ser espalhados de forma que cubram a totalidade do local desejado pela empresa. No uso da tecnologia no metrô de Londres, por exemplo, foram necessários 25 Beacons para cobrir a área de uma estação.

Além dos dispositivos, é necessário que a imobiliária alinhe os objetivos do uso da tecnologia com o desenvolvimento de um aplicativo. Ele será o responsável por decodificar os sinais enviados pelos Beacons e transformá-los em ações e mensagens para os clientes.

Um exemplo de uso de Beacon para vender imóveis é utilizar a tecnologia em condomínios residenciais. Uma vez que o potencial cliente está visitando casas em um condomínio fechado, o Beacon permite identificar em quais locais ele parou e demonstrou interesse.

Dessa forma, em tempo real, a imobiliária pode mandar uma mensagem convidando o potencial cliente a ver fotos sobre a residência específica de interesse dele, enviar uma proposta inicial de preço, indicar um outro imóvel com características semelhantes, etc.

A personalização na abordagem é o que torna os Sensores Beacon uma oportunidade real de aumento das vendas ao tornar as ofertas em tempo real mais relevantes para o cliente.

Quem será impactado pela tecnologia?

Atualmente, só é possível comunicar-se usando Beacon no caso de pessoas com aplicativos específicos no smartphone que autorizam essa abordagem direta. Portanto, é possível que nem todos os clientes da imobiliária sejam imediatamente impactados por essas ações.

Ainda assim, em 2016 o Brasil atingiu o número de 168 milhões de smartphones. Uma grande parcela da população já vê no mobile uma alternativa para realizar transações e intermediar processos de decisão de compra, fazendo com que as tecnologias mobile rapidamente se disseminem.

Devido ao baixo uso dos Sensores Beacon, utilizar a tecnologia para impactar os clientes é um diferencial de mercado que influencia diretamente na experiência de compra.

Como os Sensores Beacon ajudam a vender imóveis?

O mercado imobiliário se caracteriza por um alto ticket médio, um ciclo de vida do cliente mais demorado devido à complexidade da compra e estudo detalhado do imóvel e da região antes de finalizar um negócio.

Todos esses aspectos fazem que a tomada de decisão do potencial cliente seja mais demorada e difícil. Isso exige da imobiliária diversas ações proativas que deem a segurança necessária ao cliente, tanto em relação às características da compra, como em relação ao local.

A experiência e as informações oferecidas pela imobiliária tornam-se fundamentais para que o cliente adquira a confiança necessária para fechar o negócio. É nesse sentido em que os Sensores Beacon funcionam como diferenciais de relacionamento com o cliente e estabelecimento de uma confiança mútua.

A abordagem mais personalizada e próxima, justamente no momento de decisão sobre o negócio, permite que a empresa agregue valor à compra e mostre ao cliente que investe e se preocupa com esse momento importante.

Além do Beacon ser usado como uma solução que melhora a experiência de um potencial cliente em visita em um imóvel, ele pode ser usado para pessoas que visitam o espaço da imobiliária em si.

É possível oferecer um tour virtual para um consumidor que demonstrou interesse em um outro imóvel ou mostrar a área externa do condomínio, por exemplo. Com a diversificação das ofertas relevantes, aumenta a chance de o cliente encontrar um imóvel que lhe agrade mais.

As informações coletadas pelos Sensores Beacon também devem ser usadas no planejamento estratégico da imobiliária. É possível conhecer melhor sobre as preferências dos clientes em imóveis abertos à visitação, preferências de localização e ambientes, etc.

Para que essas informações possam ser corretamente analisadas e transformadas em conhecimento útil para a imobiliária, um sistema de gerenciamento de dados pode ser integrado ao sistema usado para gestão imobiliária.

Essas informações transformam-se em know-how para o uso de novas tecnologias, melhora da abordagem dos corretores, mais assertividade e eficiência em ofertas futuras e melhor conhecimento sobre o público-alvo da imobiliária.

E agora, acredita que os Sensores Beacon vão ajudar a sua imobiliária a vender imóveis de um jeito mais eficaz? Então compartilhe essa informação nas suas redes sociais e veja o que seus amigos têm a dizer sobre o assunto!

Aproveite também para conhecer o inGaia Imob e trabalhe de forma digital e lucrativa com um sistema para imobiliária completo e o melhor site de imóveis do mercado.

publicidade
Gestão Completa + Site para sua imobiliária :: inGaia Imob
Artigos relacionados
Compartilhe