Mercado

tendência do mercado imobiliário

Tendência do mercado imobiliário: 5 novidades para os próximos anos

Mesmo com a instabilidade financeira do Brasil, a tendência do mercado imobiliário para os próximos anos é entrar em uma nova fase de crescimento. A base dessa perspectiva envolve as mais diversas transformações da sociedade moderna, que inclui os avanços tecnológicos, busca por soluções sustentáveis e maior oferta de crédito para a construção civil e aquisição de imóveis novos.

Em 2018, as tendências do mercado imobiliário trouxeram boas oportunidades tanto para os clientes, quanto para os corretores autônomos e imobiliárias. Algumas das novidades foram o aumento de renda para o Minha Casa, Minha Vida, facilidade no crédito imobiliário e expansão da autonomia do consumidor, que possui todo o poder de compra e de barganha nas palmas das mãos.

Para te deixar por dentro das principais tendências do mercado imobiliário para os próximos anos, a inGaia preparou este conteúdo com cinco novidades que vêm por aí que podem ser adotadas por imobiliárias ou por corretores autônomos. Continue a leitura e saiba mais sobre o assunto.

1. Imóveis sustentáveis

Atualmente, a urbanização e a industrialização trouxeram à tona muitas questões sobre os problemas ambientais. Com isso, surgiram soluções que se preocupam com o funcionamento da natureza, aumentando seu tempo de vida e, assim, conquistando a simpatia daqueles que se preocupam com a sustentabilidade.

No mercado imobiliário, não é diferente: os imóveis sustentáveis são uma das novidades que ainda vão crescer muito no setor. Por mais que o tema ambiental não seja o fator mais decisivo na hora da compra, pode ser um grande diferencial no futuro. Afinal, a construção civil sempre foi entendida como uma vilã da natureza, então, talvez tenha chegado a hora de quebrar paradigmas.

No Brasil, algumas construtoras já perceberam que os imóveis sustentáveis são uma oportunidade de nicho, já que eles podem atender a um público exigente, consciente e, até mesmo, o mercado de luxo.

2. Consumidor com mais poder de compra

As novas taxas de juros adotadas pela Caixa Econômica Federal vão aumentar o poder de compra da casa própria. Antes, os juros eram de 9,5% ao ano; agora, passam a ser de 8,5% ao ano. A medida, anunciada em meados de setembro de 2018, traz expectativas bastante positivas para os mais variados setores do mercado imobiliário.

A tendência fica ainda melhor se você considerar o fato de que os imóveis já estão em um momento de crescimento, com preços interessantes e fluidez de oportunidades. Então, com um incentivo ao financiamento mais barato, o seu cliente vai se sentir estimulado a procurar pela melhor casa ou apartamento.

3. Participação de clientes nas redes sociais

Assim como as tecnologias alternativas, as redes sociais não param de crescer e, nos próximos anos, elas tendem a ficar ainda mais fortes. Além do Facebook, Instagram e LinkedIn, outras redes sociais ganham destaque no mercado imobiliário, facilitando a comunicação com os mais variados públicos.

Aposte na internet como uma forma de atrair mais clientes e expandir o negócio.

4. Busca por melhor qualidade de vida

A crescente preocupação da sociedade com a qualidade de vida reflete diretamente na procura por melhores condições de moradia.

Além de localização e infraestrutura, os clientes também procuram por áreas verdes e bairros mais tranquilos. Apesar do preço dos imóveis com estas características ser um pouco mais salgado, o consumidor está cada vez mais em busca de uma localização que o ajude no bem-estar.

5. Crescimento da automação de marketing

Nos últimos anos, o marketing digital mudou a forma dos negócios se relacionarem com seus públicos de interesse.

No mercado imobiliário, uma tendência que ganha ainda mais forma nos próximos anos é a automação de marketing. Ela impacta principalmente na influência do corretor e da imobiliária na internet, além de otimizar o tempo do profissional e colaborar com a rotina imobiliária.

Apesar de exigir um esforço inicial, o marketing automático garante resultados contínuos por um bom tempo. Assim, o profissional imobiliário estreita o relacionamento com o cliente, automatiza a participação online e aumenta as conversões realizadas.

As tendências do mercado imobiliário são muitas e podem mudar constantemente. Então, é importante que os gestores e corretores autônomos fiquem de olho nas mais relevantes para o seu tipo de negócio – aquelas que vão melhorar as vendas e que vão fazer com que o negócio atinja os níveis desejados.

E aí, sentiu vontade de apostar em uma tendência de mercado imobiliário no próximo ano?

Comente aqui e não deixe de conferir nossos artigos sobre o mercado imobiliário para ficar informado sobre as principais dicas e novidades do setor.

publicidade
Artigos relacionados
Compartilhe