Mercado

mercado-vale-a-pena-trabalhar-com-o-segmento-de-imoveis-comerciais.jpeg

Vale a pena trabalhar com o segmento de imóveis comerciais?

O mercado imobiliário é um dos poucos segmentos comerciais que se mantém rentáveis, independentemente de qual seja o cenário político e socioeconômico do país, permanecendo como uma das opções de investimento mais seguras da atualidade.

Entretanto, é importante lembrar que a compra ou o aluguel de um imóvel comercial é uma tarefa que pode ser um tanto complexa, pois é preciso considerar diversos aspectos, como localização, tipo do imóvel, estado de conservação, documentação, e até mesmo seu potencial de valorização a longo prazo.

Por isso, no artigo de hoje, mostraremos as questões mais importantes sobre o assunto, para que você tire suas próprias conclusões. Afinal, vale ou não a pena trabalhar com o segmento de imóveis comerciais? Continue a leitura do conteúdo para saber!

Quais são os principais tipos de imóveis comerciais?

Um dos fatores decisivos na hora de investir nesse setor é o tipo do imóvel, pois ele deve atender às necessidades do empreendimento e, é claro, de seus consumidores. Dentre as opções de imóvel comercial, podemos citar as principais como:

Salas comerciais

A maior parte das salas comerciais se concentra nos centros urbanos e em localidades de grande fluxo de pessoas, pois sua versatilidade as tornam atrativas para profissionais e empresas de variados nichos do mercado, como médicos, psicólogos, advogados e prestadores de serviços em geral.

Sua limitação física é compensada, geralmente, pelo baixo preço, estabelecendo assim um ótimo custo-benefício e uma opção de investimento muito justa.

Lojas

Muito procuradas por empresas do setor varejista, que lidam diretamente com o público, as lojas são um dos tipos de imóveis comerciais mais populares do mercado. Abrangem desde áreas como a de vendas de móveis, roupas e cosméticos, até bares, restaurantes, padarias e muitos outros mercados.

É muito comum que elas se concentrem em regiões que se identificam com um determinado segmento, pois apesar de aumentar o índice de competitividade entre as empresas, facilita o acesso ao consumidor e garante um bom fluxo de vendas.

Galpões e depósitos

Comumente destinados ao armazenamento de mercadorias, os galpões e depósitos têm em comum o papel de estocar os produtos das empresas. Por isso, esse tipo de imóvel costuma se localizar em vias de fácil acesso a rodovias, portos e regiões mais afastadas dos centros urbanos.

Andares corridos

Normalmente procurados por grandes companhias, que necessitam de áreas amplas, os andares corridos podem representar grandes investimentos com um bom índice de retorno.

Também conhecidos como lajes corporativas, esses imóveis comerciais consistem em um conjunto de salas, localizadas em um andar de um prédio comercial. Vale lembrar, ainda, que o cliente pode montar o layout que desejar, conforme suas necessidades, podendo adquirir todo o andar livre, sem colunas, divisórias ou pilastras, para aproveitar o espaço como desejar.

O que considerar antes de trabalhar com imóveis comerciais?

Documentação e questões legais

Para evitar possíveis problemas e dores de cabeça no futuro, é imprescindível que toda a documentação do imóvel seja checada antes que o contrato seja assinado, e a transação concluída.

Verifique se a planta foi aprovada e se todas as regulamentações exigidas pela prefeitura e Corpo de Bombeiros da cidade estão em dia. Além disso, certifique-se de que todos os impostos pertinentes ao imóvel estão pagos, e procure se informar o máximo para evitar “surpresas”.

Localização

Sem dúvidas, um dos fatores mais relevantes na escolha de imóveis comerciais é a questão da sua localização, afinal o ponto de venda do negócio deve se estabelecer em uma região que proporcione:

  • segurança;
  • facilidade de acesso;
  • fluxo de clientes;
  • tranquilidade.

Locais que, por exemplo, são pouco frequentados, não oferecem fácil acesso ao estacionamento ou aos meios de transporte público e são mal pavimentados, não atraem nenhum investidor, não é verdade?

Para se ter uma ideia, geralmente o locatário se dispõe a pagar mais por um imóvel localizado em uma região valorizada, já que o sucesso de sua empresa pode depender disso.

Condições da infraestrutura e estado de conservação do imóvel

Certamente, a infraestrutura do imóvel é um dos aspectos decisivos na escolha do ponto do negócio. O local deve atender às necessidades da empresa, por isso, é muito importante ter um bom planejamento de negócios antes de sair à procura de um imóvel comercial. Considere questões como:

  • número de elevadores no prédio;
  • escadas de emergência;
  • quantidade banheiros (masculino e feminino).

Além disso, o estado de conservação da estrutura física deve ser minuciosamente conferido, para que seja possível levantar todos os possíveis custos de manutenção para adequar o ambiente, e checar a viabilidade deste processo, é claro.

Basicamente, é preciso avaliar se a infraestrutura servirá para os planos da empresa e considerar suas vantagens e desvantagens. Neste contexto, o corretor imobiliário tem um papel fundamental, atuando não apenas como um mediador entre o proprietário e o locatário, mas como um consultor, que ajudará seu cliente a tomar a melhor decisão.

Potencial de valorização da área

Ter perspectiva de mercado e empreendedorismo é um diferencial no segmento de imóveis comerciais, já que nem sempre o imóvel pode apresentar, a princípio, uma estrutura interessante, mas pode oferecer um grande potencial de valorização, em médio ou longo prazo.

Um dos fatores externos que podem influenciar no processo é a implementação de novos comércios na área, como shoppings, lojas e todo o tipo de estabelecimento que, dentro de alguns anos, pode valorizar significativamente o imóvel. Portanto, pesquise se existem obras aprovadas em regiões próximas, porque isso pode ser útil na tomada de decisão.

Afinal, vale a pena investir em imóveis comerciais?

Como você pôde conferir até aqui, muitos fatores relevantes devem ser considerados antes que um grande investimento em um imóvel comercial seja realizado, correto?

Mas, de forma resumida podemos afirmar que todo o processo de avaliação deve se pautar em torno de uma questão simples: o imóvel proporcionará um índice de retorno ao negócio que compensará o capital investido?

Considerando que o mercado imobiliário está em constante crescimento e, mesmo com a atual crise econômica, ainda é uma das opções mais rentáveis e seguras, trabalhar com imóveis comerciais pode sim ser uma empreitada que vale a pena entrar.

Lembrando que todo o processo de análise e consideração requer bom senso, experiência e muita pesquisa.

Agora que você já sabe se vale a pena trabalhar com o segmento de imóveis comerciais, conheça também as 5 tendências internacionais de corretagem de imóveis que você deve acompanhar de perto!

publicidade
Gestão Completa + Site para sua imobiliária :: inGaia Imob
Artigos relacionados
Compartilhe