Vendas

vendas-visita-ao-imovel-7-dicas-para-garantir-uma-boa-experiencia-ao-seu-cliente.jpeg

Visita ao imóvel: 7 dicas para garantir uma boa experiência ao seu cliente!

Se o cliente não se sentir à vontade em uma visita ao imóvel, fatalmente não estará tão disposto a fechar o negócio. Assim, cabe ao corretor de imóveis oferecer uma boa experiência ao potencial comprador para aumentar sua confiança na aquisição e, consequentemente, obter melhores resultados nas abordagens.

A fim de ajudar você, separamos, neste artigo, 7 dicas para transformar a visita ao imóvel em uma experiência memorável para seu cliente.

Quer ter sucesso ao apresentar imóveis e aumentar as vendas? Então continue a leitura!

1. Prepare o imóvel

Em primeiro lugar, é preciso preparar o local para receber o cliente. Isso porque um imóvel sujo e descuidado pode afastá-lo para sempre. Portanto, antes da visita, contrate uma faxineira a fim de deixar tudo impecável e certifique-se de que as coisas estão em ordem.

Ao final da faxina, não se esqueça de verificar o estado das paredes, pisos, vidros, portas e tudo mais. Tenha em mente que os imóveis desocupados não podem ter resquícios dos moradores anteriores, já que isso passa uma sensação de descuido e não permite que o pretendente à compra se sinta, de fato, como um morador do local.

Já para os casos em que o proprietário atual ainda reside no imóvel, tenha o cuidado de informá-lo com antecedência sobre as visitas a fim de que ele tenha tempo de deixar tudo apresentável. Além disso, cabe ao corretor saber mais que o proprietário do imóvel. Portanto, antecipe-se às dúvidas do cliente e não espere por uma resposta do proprietário.

2. Apresente os cômodos em detalhes

Os cômodos não podem ser apresentados de forma superficial ou às pressas. Ao contrário, você precisa entrar nos ambientes e sugerir a decoração e a disposição dos móveis para estimular a imaginação do potencial comprador e despertar seu desejo de se mudar para o imóvel.

Uma dica aqui é estudar o perfil do cliente e sugerir quais cômodos se ajustam a cada membro da família — o quarto maior para o casal, por exemplo, o quarto ao lado para o filho menor, que ainda exige atenção dos pais, e assim por diante.

Atente-se também sobre a incidência de luz solar nos cômodos a fim de informar sobre a temperatura e o tipo de vista que o potencial comprador pode esperar ao longo do dia. Além disso, é importante dar atenção aos detalhes que valorizam o imóvel: como abrir os armários de todos os cômodos para mostrar seus compartimentos e capacidade de armazenamento, por exemplo.

3. Ressalte as características do imóvel

Agora que você já apresentou todos os cômodos de forma correta, é chegada a hora de mostrar as características mais amplas e outros benefícios do imóvel. Veja alguns pontos que você não pode se esquecer de informar ao cliente:

  • o número de vagas na garagem e as condições (presa ou solta, coberta ou descoberta etc.);
  • detalhes da vizinhança;
  • valor do condomínio;
  • valor do IPTU e outros impostos;
  • como é o sistema de gás (canalizado, botijão etc.);
  • as regras do prédio (horários de silêncio, forma de rateio da água e outros detalhes específicos);
  • espaços de lazer (piscina, quadras, academia etc.).

Portanto, conheça o imóvel a fundo para que nenhum detalhe esquecido comprometa a negociação. E, dessa forma, forneça todas as informações que o cliente precisa para tomar a decisão com segurança.

4. Destaque os pontos fortes da região

Uma das coisas que mais valorizam o imóvel é sua localização. Portanto, as qualidades da região também precisam ser destacadas durante a visita. Alguns pontos que podem reforçar seu argumento são:

  • a infraestrutura do comércio (padarias, supermercados, shoppings, bancos etc.);
  • as áreas de lazer (parques, clubes, praças etc.);
  • as opções de transporte público (linhas de trem e metrô, pontos de ônibus, táxi etc.).

O importante é conhecer a fundo todas essas facilidades na redondeza para apresentá-las ao potencial comprador e fazer com que ele perceba os benefícios de morar naquele local.

5. Tenha entusiasmo durante a visita ao imóvel

Quando um cliente procura o corretor ou a imobiliária, certamente ele está empolgado com a possível aquisição de um novo imóvel para viver durante os próximos anos. Logo, cabe a você ficar alinhado com esse sentimento e demonstrar entusiasmo durante a visita.

Desse modo, nunca seja apático ou deixe que seus problemas pessoais interfiram na apresentação do imóvel. Afinal, se o corretor não está empolgado com o imóvel, isso pode ser um balde de água fria para o possível comprador e frustrar a venda — no próximo tópico, daremos mais dicas sobre as melhores formas de tratar o cliente.

6. Trate o cliente corretamente durante a visita ao imóvel

Deixar o cliente à vontade é fundamental para que ele se sinta bem durante a visita ao imóvel e tenha vontade de fechar o negócio. Para isso, veja alguns pontos que merecem atenção:

  • cuide da sua imagem pessoal: vista-se bem e de forma profissional;
  • seja educado: abra as portas e deixe o cliente entrar primeiro;
  • não fale em excesso: escute o que o cliente tem a dizer e responda a todas as dúvidas dele;
  • não trate o imóvel como um simples produto ou uma forma de ganhar sua comissão: ao contrário disso, crie empatia com o cliente e entenda que a aquisição de um patrimônio pode ser a realização de um sonho;
  • comunique-se de forma clara: seja objetivo e nunca use gírias ou termos pejorativos.

Além disso, conheça todas as necessidades do cliente e reforce os pontos positivos do imóvel que podem satisfazê-lo. Agindo assim, você demonstrará que domina a situação e ganhará sua confiança.

7. Tenha uma agenda organizada

Por fim, você precisa ser organizado com seu tempo a fim de não atrasar a visita e deixar o potencial comprador impaciente. Mas é claro que imprevistos acontecem. Nesses casos, avise o cliente o quanto antes que você vai se atrasar ou até mesmo não poderá comparecer à visita.

Aproveite esse contato para justificar — com sinceridade — o motivo que impediu você de chegar no horário combinado ou que impossibilitou sua presença e coloque-se à disposição para remarcar a visita em um dia e horário conveniente para ambos.

Como você viu, criar uma boa experiência para seu cliente fará com que ele saia do imóvel com uma sensação de querer morar ali. E o resultado disso será um aumento nas suas vendas!

Gostou deste artigo? Já sabe como agir em uma visita ao imóvel? Então assine nossa newsletter e receba outros conteúdos como este diretamente na sua caixa de entrada!

publicidade
Artigos relacionados
Compartilhe